Sicoob Credip entrega equipamentos eletrônicos para PM de Rolim de Moura Materiais foram doados para estruturação do Núcleo de Inteligência da Polícia Militar e ajudarão no trabalho de prevenção e esclarecimento de crimes.

Geral

27/11/19

O Núcleo de Inteligência da Polícia Militar de Rolim de Moura agora pode contar com equipamentos eletrônicos modernos para realizar o trabalho de prevenção e esclarecimento de crimes. Os aparelhos como câmeras fotográficas, GPS, drones e notebook foram doados pela Sicoob Credip no dia 19 de novembro, após apresentação do projeto de estruturação do setor de investigação do 10º batalhão da PM.

Estiveram presentes na entrega dos equipamentos o presidente do Conselho de Administração da Sicoob Credip, Oberdan Pandolfi Ermita, o gerente do ponto de atendimento em Rolim de Moura, José Joneclebson de Sousa Ferreira e a delegada da Sicoob Credip, Magda Martins Ferraz Pereira.

“Somos uma instituição financeira cooperativista e parte dos nossos resultados são destinados para apoiar iniciativas de cunho social e outros projetos. Acredito que esses equipamentos vão atender atividades bem específicas e necessárias, agregando a capacidade de inteligência e ações que os policiais desenvolvem”, disse Oberdan.

De acordo com o comandante do 10º batalhão da PM, Thiago Campos, os equipamentos vão beneficiar não só o município de Rolim de Moura, mas também outras seis localidades onde o Núcleo de Inteligência do batalhão atua.

“Esses equipamentos são ferramentas que ajudam no combate, na repressão e prevenção de inúmeros crimes, especialmente os de tráfico de drogas e roubo. Os recursos tecnológicos vão ajudar muito no trabalho que esses policiais fazem na rua. Agradecemos a Sicoob Credip por ter abraçado este projeto, doando exatamente aqueles materiais que pleiteamos junto a Cooperativa”, afirmou Campos.

O chefe do Núcleo de Inteligência, Jeovandro da Silva, explica que os equipamentos são estratégicos e vão melhorar a qualidade do serviço prestado.

“Com esses materiais teremos um serviço mais eficaz, em relação por exemplo a identificar pessoas e fazer reconhecimento de áreas. Essas câmeras tem um zoom potente, então conseguimos monitorar um suspeito sem precisar se aproximar do alvo. Já os drones permitem que façamos uma melhor averiguação de um local de forma sigilosa, sem que o policial militar se coloque em risco”, acredita Jeovandro.

 


Imagem

Imagem